Crie seu próprio Site Grátis! Templates em HTML5 e Flash, Galerias em 2D e 3D, Widgets, Publicação do Site e muito mais!
 TENDA DE UMBANDA PAI JERÔNIMO - CABOCLO CAÇADOR



ONLINE
1




Total de visitas: 26435
Pontos de Caboclos

1

Quem manda na mata é Oxóssi
Oxóssi é caçador
Ouvi meu pai assobiar
Eu já mandei chamar
Vem de Aruanda auê
Todos os caboclos de Umbanda
Vem de Aruanda auê

Ô caçador na beira do caminho
Não me mate essa coral na estrada
Ela abandonou sua chopana caçador
Foi no romper da madrugada

Entrei na mata sem pedir licença
Para ver a força que a Jurema tem
ô juremê, ô juremá
ô dá licença pros meus caboclos passar

Arreia capangueiros
Capangueiros da Jurema
Arreia capangueiros
Capangueiros do Jurema

2

Okê Caboclo!
Seu tupi quando branda lá nas matas
É primavera, ô primavera
Ó como é belo as folhas rolando pelo chão
Ó como é lindo as flores desabrochando
Eu ouço o canto de Tupi
na canção de Guarani
Olorum, olorum a brilhar
uma flecha atirar
ele zoa, zoa e as folhas voam
parecem falar
Seu tupi quando branda lá nas matas
É primavera, ô primavera (2x)

3

É hora, é hora
É hora do calendário é hora
É hora do calendário,
É hora de Deus, amém
O Caboclo veio agora
O seu mano vem também
É hora, é hora
É hora do calendário é hora
É hora do calendário,
É hora de Deus, amém
Seu Montanha chegou agora
Seu Tupi veio também, é hora
É hora, é hora
É hora do calendário é hora
É hora do calendário,
É hora de Deus, amém
Seu Meio Lua chegou agora
Seu Mareião veio também, é hora
É hora, é hora
É hora do calendário é hora
É hora do calendário,
É hora de Deus, amém
Seu Folha Seca chegou agora
Seu Sete Folhas veio também, é hora

 4

Meu pai Oxóssi é quem disse
que na sua aldeia ainda falta caboclo
Pisa no rastro do outro
Oi Caboclo
Pisa no rastro do outro

5

A estrela lá no céu brilhou
E a mata estremeceu
Aonde anda o capangueiro da jurema
Que até agora não apareceu ?

6

Caboclo quando vem lá da jurema
Ele traz na cinta uma Cobra Coral
Se ele é caboclo
Se ele é atirador
Se ele é Oxóssi
Ele é o caçador

7

Vestimenta de caboclo
É samambaia é samambaia
É samambaia
Venha caboclo não se atrapalha
Saia do meio da samambaia

8

Ele é caboclo
Ele é juremeiro
E na alvorada tem penas carijó
Vadeia ô Vadeia ô
Vadeia meus caboclos na aldeia
Vadeia como o vento na areia
Vadeia meus caboclos vadeia
Os caboclos na aldeia
E a Sereia na areia

9

Olha a Macaia ah
Olha a Macaia ê
Saravá Oxóssi
Meu caboclo Saravá
Saravá toda a Macaia
Com licença de Oxalá
No seu terreiro seu ponto veio firmar
Saravá seu Tira Teima
Que ele veio trabalhar

No centro da mata virgem
Uma linda cabocla eu vi
Com seu saiote
Feito de penas
É a Jurema, filha de Tupi
Jurema, jurema, jurema
Ela é cabocla na Lei Suprema

10

Eu já vou me embora
Para minha aldeia
Eu já vou me embora camarada
Para Juremeira
Lá são sete estrelas
São sete os caminhos
Todos levam à Deus camarada
Nunca estou sozinho

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Um abraço dado de bom coração
é mais que uma benção, uma benção .

11

A sua terra é longe
E eles vão embora
E vão beirando o rio azul
Adeus Umbanda
Que os caboclos vão embora
E vão beirando o rio azul

12

A sua mata é longe...

 

 

13

Atravessei o mar a nado
Em cima de dois barris
Foi só pra ver a juremeira
E os caboclos do Brasil

14

Eu vi na margem do rio
Em linda manhã serena
Caboclo seu Pena Verde
Firmando ponto na areia
Galo cantou na serra
A mata estremeceu
Caboclo seu Pena Branca
na cachoeira apareceu
Ele é caboclo guerreiro que mora no rochedo
Somente cobra coral conhece dele o segredo

15

Caiu uma flecha na jurema
Veio serena e molhou
E depois veio o sol
Enxugou , enxugou
E a sua mata se abriu toda em flor

16

No céu azul
Eu vi uma estrela brilhar
No céu azul é a morada de Oxalá
O galo já cantou
Foi no romper da aurora
Seus cablocos trabalharam
Eles já vão embora

17

Olha a folha do coqueiro
Olha lá
Se meu caboclo foi embora
Eu vou buscar

18  - Arranca Toco

Seu Arranca Toco é de Aruanda
É di namô zambê
Quando ele vem lá de Aruanda
Auê auê

 

19 - Tupinambá

Tava na beira do rio
Sem poder atravessar
Chamei pelo caboclo
Caboclo Tupinambá
Tupinambá chamei
Chamei, tornei chamar ê ah

20

Tupinambá é ganga na macaia
Tupinambá ê ê
Tupinambá
Tupinamba guerreiro de Oxóssi
Tupinambá ê ê
Tupinambá
Tupinambá não perde uma demanda
Tupinambá ê ê
Tupinambá
Tupinambá vem defender seus filhos
Tupinambá ê ê
Tupinambá
Só não apanha a folha da Jurema
Sem ordem suprema do pai Oxalá

21 - Folha Verde

Okê Caboclo!
Como é tão lindo
Assistir festa na mata
Ouvir o som da cascata
E o lindo canto do sabiá
Que noite linda, bela noite de luar
Foi no clarão da lua
Que eu vi Folha Verde chegar
A mata está em festa
Toda coberta de flor
Até os passarinhos cantam meu caboclo
Eles cantam em seu louvor
ô ô ô quanta beleza
ô ô ô quanto esplendor
Como é bom ter a certeza
Que seu Folha Verde é meu protetor

22 - Rompe Mato

É o rei, é o rei
É o rei do panaia
E da Jurema
Lá na Jurema
Rompe Mato é o rei

Hoje tem alegria no terreiro do meu pai
Saravá seu Rompe Mato
Que ele é chefe do congá

Naquela estrada de areia
Aonde a lua clareou
Todos os caboclos paravam
Para ver a procissão de São Sebastião
Okê Okê caboclo
Meu pai caboclo é São Sebastião

23 - Cobra Coral

A coral é sua cinta
A jibóia é sua laça
Que zoa que zoa que zoa aê
Caboclo mora na mata

24 - Caçador

Seu caçador na beira do caminho
Não me mate essa coral na estrada

Ela abandonou sua chopana caçador
Foi no romper da madrugada

25 - Caboclo Flecheiro

Bumba na calunga ele é caboclo ele é flecheiro
Bumba na calunga e amansador de feiticeiro
Bumba na calunga caboclo firma seu ponto
Bumba na calunga ô vai firmar lá de Angola

 

26 - Caboclo Guaracy

Auê caboclo da mata virgem
Seu pai um dia lhe perguntou
Ó Guaracy caboclo da Jurema
Que vai fazer em terra de pecador ?
Eu vou pisar na minha aldeia
Para ajudar filho que é merecedor

27

A mata estava escura
Veio o luar e clareou
Pai Guaracy aqui chegou
Pois ele é o rei dos caçadores
Mas ele é o rei
Ele é o rei , ele é o rei
Pai Guaracy na Umbanda
Ele é o rei

28

Pai Guaracy que nasceu nas matas
E se criou lá na travessia
Ele é caboclo é chefe coroado
E Zambi achou que ele merecia

 

29 - Caboclo Pena Branca

Um grito na mata ecoou
Foi seu Pena Branca que chegou
Com sua flecha
Com seu cocar
Seu Pena Branca vem nos ajudar

30 - Caboclo Samambaia

Quanto tempo que eu não bambeio
Hoje eu vim pra trabalhar
Sou Caboclo Samambaia
Vim aqui pra trabalhar
Sou Caboclo Samambaia
Vim aqui pra saravá

31 - Caboclo Sete Flechas 

Lê lerê lerê lerê lerê lê ah
Caboclo Sete Flechas no congá
Saravá seu Sete Flechas que ele é o rei da mata
A sua bodoque atira caboclo
A sua flecha mata

32

Ele atirou
Ele atirou e ninguém viu
Só Sete Flecha é quem sabe
Aonde a flecha caiu

33

Caboclos Sete Flechas nasceu
No jardim das Oliveiras
Trazia amarrado em sua cinta uma Coral
Ô Sucuri, Jibóia na aldeia
Ô Sucuri, Jibóia
Caboclo vem beirando o mar

34 - Caboclo Ubirajara

Estrela D'Alva é sua guia
Ubirajara é caboclo valente
Mora lá na mata
Lá na grota funda
Lá no fim do mundo

 

 

Caboclo Caçador da Mata

Sr. Caçador na beira do caminho  2x

Não me mate essa coral na estrada

Ela abandonou sua choupana Caçador

Foi no romper da madrugada  2x

              ********

Senhor Oxóssi a sua mata é linda

É linda como brilha o sol

Auê Caçador lá das matas

Auê Caçador das Auê

              *********

No centro da mata virgem, debaixo do arvoredo

Eu vi o Sr Caçador atirar sua flecha pra não errar

Zuou, zuou a sua flecha zuou  2x

                 *********

Caça, caça no canindé, inaê inaô  3x

Ele é o Caboclo Caçador

 

Caboclo da Pedra Preta

Caboclo da Pedra preta, ele gosta de bem-te-vi

Quem não gosta de Umbanda, o que vem fazer aqui?

Auê auê caboclo, agora que eu quero ver   2x

 

 

Caboclo Ubirajara

Ubirajara na Umbanda é um rei  2x

Ele é um rei, ele é um Táta    2x

Lá na mata sua flecha zua  2x

Zua quando sobe, quando desce ela mata  2x

Ele é um rei, ele é um Táta

             **********

 Com tanto pau no mato, eu não tenho guia

Caboclo Ubirajara onde está sua guia

Corta mironga, corta mironga

Corta língua de falador

No seu peito não há embaraço

Sr Ubirajara Peito de Aço

 

Caboclo Cobra-Coral

Eu atirei, eu atirei, eu atirei

Atirei na Juriti, acertei no Juremá

Salve Oxóssi, slave Ogum, salve Oxalá

Salve as cores do saiote do me Pai Cobra-Coral

 

Caboclo Pena Branca

Sr Pena Branca é o rei

Que nos astros mora

Venha ver seus filhos

Que tanto lhe adoram êh

             *********

 

Galo cantou na serra, a mata estremeceu  2x

Caboclo Sr pena Branca, na cachoeira apareceu  2x

Ele é Caboclo guerreiro que mora num rochedo

Somente Cobra-Coral conhece dele o segredo

                          ***************

Oxóssi é o rei das matas, Oxóssi é caçador, Oxóssi é caçador

Eu vi meu pai assoviar, e eu já mandei chamar

É de Aruanda auê, é de Aruanda auê

Sr. Pena Branca é de Aruanda

Quem manda nas matas é Oxóssi, Oxóssi é caçador, Oxóssi é caçador

Eu vi meu pai assoviar, e eu já mandei chamar

É de Aruanda auê, é de Aruanda auê

Sr. Pena Branca é de Aruanda

          ****************

Caboclo Flecheiro

Ele vem de tão longe, cansado de caminhar

Salve o Caboclo Flecheiro que vem saravá o congá

Pra chegar nesse terreiro, ele cortou tanto cipó

Atravessou a mata virgem, veio na fé do Pai maior

                        ***************

Ele é caboclo, ele é Flecheiro   2x

Oi tumba na calunga, ele é caçador e feiticeiro  2x

                  ****************

Caboclo 7 Flechas

Foi numa tarde serena, lá na mata da Jurema que eu vi o Caboclo bradar 2x

Kiô, kiô, kiô, kiô que era, Sua mata está em festa

Saravá Sr 7 Flechas, ele é o rei da floresta

Curimbembê, curimbembá Sr 7 Flechas Curimba é orixá  2x

Nasceu na mata de Oxóssi, na aldeia do Juremá

O Caboclo 7 Flechas, iluminado por Oxalá

Curimbembê, curimbembá Sr 7 Flechas Curimba é orixá  2x

Com 3 dias de nascido, a Jurema o encontrou

Deitado na folha seca e o Caboclo ela criou

Curimbembê, curimbembá Sr 7 Flechas Curimba é orixá  2x

                ******************

 Lê, lele, Lere lere lere lere lerá

Lê, lele, Caboclo 7 Flechas no congá

Saravá Sr 7 Flechas, ele é o Rei da Mata

Com seu bodoque atira caboclo

Sua flecha mata

 

Caboclo Lage Grande

Quando Sr Lage Grande Chegou nesse congá

E os caboclos vieram ajudar

Veio Ogum, veio Xangô, veio Yemanjá

E a Jurema para ajudar

E as estrelas clarearam a mata escura

E Oxalá abençoou, saravá todos os caboclos

Saravá Sr Lage Grande do congá

                  **************

Caboclo Pena Azul

Pena Azul é caboclo guerreiro, Yemanjá a rainha do mar  2x

De Jurema ele é companheiro, vem trazendo na cinta sua cobra-coral   2x

 

Caboclo Tupinambá

Tupi, Tupi, Tupi,

Tupi Tupinambá

Ele é chefe de terreiro

Ele é chefe de congá

         **********

Estava na Beira do rio sem poder atravessar

Chamei pelo Caboclo, caboclo Tupinambá

Tupinambá chamei, chamei tornei chamar

              *********

Caboclo Pena Verde

Eu vi na mergem do rio, em linda manhã serena  2x

O Caboclo Sr. Pena Verde riscando um ponto na areia  2x

 

Caboclo Gira Mundo

Salve o Caboclo Gira Mundo, aqui neste jacutá

Ele vem nos proteger com as forças de Ogum, com as Forças de Oxalá   2x

Tem mironga, mironga ê,

Tem mironga , mironga eá

Sr Gira Mundo, no terreiro é orixá

 

Caboclo Treme Terra

Quando ele veio da aldeia, ele bradou Kiô Kiô

É o Caboclo Treme Terra

Quando ele afirma seu ponto, meu pai

Oi ele não bambeia

 

Caboclo 7 Encruzilhadas

Eu venho da minha mata, eu venho pra trabalhar  2x

Eu chamo 7 Encruza, pra ele me ajudar  2x

 

Caboclo Sultão das Matas

Mas que Sultão é esse que pisa devagar?  2x

Sem o Sultão das Matas, ninguém  pode trabalhar    2x

 

Caboclo Sultão de Tapiruá

Sultão, sultão , sultão é de Tapiruá

Ele pega na raiz, pra filhos de Deus curar

 

Caboclo Mata Virgem

Caboclo da Mata Virgem, da mata serrada lá da Juremá  2x

Quem manda na mata é Oxóssi, quem manda no céu é Oxalá   2x

O Okê Caboclo, quero ver girar, quero ver Caboclo na banda chegar   2x

 

Caboclo Pele Vermelha

Eu sou o Pele Vermelha

E trago duas bandeiras

Uma é a branca da paz

A outra é a vermelha guerreira

 

 

 

 

 

Cabocla Jurema

Eu entrei na mata pra apanhar guiné

E vi uma cabocla, perguntei quem é?

Ela me respondeu, meu nome não vou dizer

Sou dona das folhas, agora é que eu quero ver

         *****************

Que lindo capacete de penas

Tem a Cabocla Jurema

Ela é bonita como a flor do girassol

Le le le le le lá

         *************

Chegou Jurema, no terreiro ela baixou  2x

A cabocla vem sorrindo, demonstrando seu amor  2x

A Cabocla Jurema está protegendo este congá  2x

Ela veio de Aruanda pro terreiro saravá  2x

              **************

Ela vem de longe, de longe, sem vacilar

No capacete três penas e no braço uma cobra-coral

Ela é a Jurema, no seu juremá

Cabocla Primeira, Rainha do seu jacutá

               ****************

Jurê, o Juremê o Juremá

É a Cabocla de pena, filha de Tupinambá

É a Cabocla Jurema, filha de Tupinambá

Rainha da pontaria, jamais se viu ela errar

Jurema, Jureminha, Jureminha, Jurema

É a Cabocla de pena, filha de Tupinambá...

A lua lá no céu subiu, e a mata toda escureceu

Onde está a companheira da Jurema?

Que até agora não apareceu

 

Cabocla Jussara

Auê Jussara, dona Jussara como vai você?

Auê Jussara, eu vim de longe só para lhe ver auê auê

              ***********

Lua que clareia a Aruanda

Óh Lua que clareia a Umbanda

Clareia Cabocla Jussara

Clareia os terreiros de Umbanda

 

Cabocla Juraci

Cabocla Juraci o que vem fazer aqui?  2x

Eu não vim pra fazer nada, só vim pra proteger  2x

Você bebeu Jurema, você se embriagou  2x

E na força da Jurema, você se levantou   2x

 

Oxóssi

Eu vi chover, eu vi relampear

Mas mesmo assim o céu estava azul

Sandorê pemba na folha da Jurema

Oxóssi reina de norte a sul

           **********

 

Criar um Site Grátis  |  Crear una Página Web Gratis  |  Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net